Somos uma das consultorias pioneiras na entrega e acompanhamento de projetos SPED, participando desde o início do projeto-piloto junto ao Governo, que se iniciou em 2007 com os três grandes projetos: SPED Contábil, SPED Fiscal e NF-e – tendo também acrescentado posteriormente a EFD-Contribuições.

A nova Escrituração Contábil Fiscal digital do Imposto sobre a Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica, foi publicada a partir da Instrução Normativa nº 1.422 e Ato Declaratório Executivo Cofis nº 098/2013, que disponibilizou o Manual de Orientação do Leiaute da ECF com informações relevantes sobre o preenchimento da nova escrituração.

A apresentação da ECF – Escrituração Contábil Fiscal, tem periodicidade anual, a partir do exercício de 2014, com entrega em 2015, e prevê a dispensa da escrituração do Lalur e a entrega da DIPJ, em relação aos fatos ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2014. São obrigadas ao preenchimento da ECF todas as pessoas jurídicas, inclusive imunes e isentas, sejam elas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido.

As novas exigências decorrentes da ECF visam maior rastreabilidade com base nas informações contábeis, que requerem uma revisão de critérios e conceitos em seus procedimentos contábeis e fiscais, podendo gerar impacto nas empresas devido necessidade de convergência das informações a serem transmitidas para a Receita Federal do Brasil.

Algumas validações relacionadas à Escrituração Contábil:

  • Possibilita a comparação dos saldos das contas patrimoniais e de resultados, analisados na apuração dos impostos indiretos (PIS, COFINS, ICMS, IPI); As validações alcançam impostos não cumulativos, verificando se os saldos a pagar ou a recuperar estão devidamente suportados;
  • Contrapartidas – identifica aumentos em contas patrimoniais e de resultados examinando incoerências nas origens e aplicações dos recursos;
  • Verifica as operações de serviços com PJ e suas respectivas retenções e localiza contas do grupo de resultados e patrimoniais, com indicador de saldo divergente de sua natureza.

Algumas funcionalidades do módulo de ECF:

  • Apuração dos tributos, compensações e comparativos de distintos regimes, com rastreabilidade das informações;
  • Permite parametrizar de forma flexível informações necessárias da escrituração, desonerando o impacto no sistema de origem;
  • Escrituração Digital: geração da Escrituração Digital no padrão SPED ECF;
  • Plataforma web, processamento multi-empresa;
  • Possibilidade de aquisição da solução no modelo SaaS, Software as a Service;
  • Emissão de relatórios para conferência e gráficos para análise gerencial;
  • Cruzamento entre diferentes obrigações acessórias.

Alguns Diferenciais do módulo de EC:

  • Validações Prévias: realiza a consistência das informações através da configuração da Inteligência Fiscal para evitar não conformidades no momento da transmissão para o ambiente SPED;
  • Facilidade para integração com os principais ERPs de mercado e distintos sistemas de origem de informações;
  • Maior controle na gestão dos impostos e consequentemente redução da exposição ao risco;
  • Mais agilidade para atender prazos internos e externos, como atendimento às fiscalizações;
  • Maior eficiência no Planejamento Tributário.